Weby shortcut

Projeto de Estruturas de Concreto

Atualizado em 04/02/19 11:16.

Período: 03/2019 a 02/2024

Regional Goiânia

Unidade Acadêmica: Escola de Engenharia Civil e Ambiental

Site Unidade Acadêmica Responsável: www.eec.ufg.br

Endereço: EECA - Escola de Engenharia Civil e Ambiental – Campus I – Colemar Natal e Silva, CEP: 74605-220- Goiânia-GO.

 

Coordenador (a): Prof. Ademir Aparecido do Prado

Telefones: (0**62) 3209-6086

E-mail: ademirprado.ufg@gmail.com

Sub-Coordenador: Janes Cleiton Alves de Oliveira

E-mail: janescleiton@ufg.br

Endereço: EECA - Escola de Engenharia Civil e Ambiental – Campus I – Colemar Natal e Silva, CEP: 74605-220- Goiânia-GO.

 

Objetivos do Curso 

Complementar a formação acadêmica, atualizar a formação profissional e incorporar competências em técnicas analíticas e numéricas para a avaliação/determinação do comportamento de elementos e sistemas estruturais de concreto. Estes conhecimentos permitem aos profissionais o aprimoramento da sua atuação no mundo do trabalho e ao atendimento de demandas por profissionais tecnicamente mais qualificados para o projeto de pontes e edifícios de concreto.

 

Conteúdos Temáticos

 

Conteúdo Temático  CH Teórica CH Prática Ementa
Projeto de Estruturas Assistido por Computador I   18 Programas computacionais para a elaboração de projetos de estruturas. Modelos estruturais para edificações em concreto. Aplicações práticas passo a passo.
Concepção Estrutural e Ações e Segurança 18   Introdução. Tipologias dos sistemas estruturais. Partido do sistema estrutural. Estimativa dos carregamentos atuantes nos elementos estruturais: lajes, vigas, pilares e elementos de fundação. Comportamento dos materiais: concreto armado, aço e madeira; aplicações de cada material como partido estrutural: vantagens e desvantagens. Pré-dimensionamento estrutural. Estados limites últimos e de serviço. Verificação da segurança.
Estruturas de Concreto Armado I 18   Introdução. Segurança e elementos básicos do cálculo estrutural . Solicitações normais no estado limite último. Solicitações tangenciais. Vigas de edifícios. Lajes de edifícios.
Introdução ao Método dos Elementos Finitos (MEF) 18   Introdução.
1) Fundamentos dos métodos de abordagem discreta: MDF, MEF, MEC.
2) Elementos e nós, modelagem, discretização e outras aproximações.
3) Formulação do Método dos Elementos Finitos.
4) Análise estática linear de barras e vigas: interpolação.
5) Construção de funções de forma, formulação da matriz de rigidez, propriedades da matriz de rigidez, singularidade, tensões.
6) Conceitos fundamentais sobre estado plano de tensões e de deformações.
7) Estado plano: elementos triangulares, elementos retangulares, colapso de nós, carregamento, tensões.
8) Elementos isoparamétricos: estimativa de erro e convergência.
9) Elementos finitos unidimensionais, bidimensionais e tridimensionais.
Introdução à Dinâmica Estrutural  18   1) Modelos matemáticos: sistemas não-amortecidos, diagrama de corpo livre, princípio de D’Alembert, segunda lei de Newton, solução da equação diferencial de movimento.
2) Vibração livre: frequência de vibração, período de vibração, amplitude do movimento oscilatório.
3) Vibração amortecida: amortecimento viscoso, equação de movimento, sistemas criticamente amortecidos, sistemas sub-amortecidos, sistemas super-amortecidos, decremento logarítmico.
4) Resposta à excitação: excitação harmônica não-amortecida, excitação harmônica amortecida, ressonância, resposta a excitações gerais.
Estruturas de Concreto Armado II 18   Introdução. Estados limites de utilização. Flexão normal composta em seções retangulares. Pilares contraventados de edifícios. Punção. Sapatas. Escadas de edifícios.
Projeto de Estruturas Assistido por Computador II  9 9 Programas computacionais para a elaboração de projetos de estruturas. Modelos estruturais para edificações em concreto. Aplicações práticas passo a passo.
Tecnologia do concreto e Sustentabilidade 18   Introdução. Materiais constituintes. Propriedades no estado fresco e endurecido. Especificações do concreto. Aspectos de dosagem. Concretos especiais. Sustentabilidade aplicada ao concreto.
Aplicação do MEF em Projetos de Estruturas 9 9 1) Uso de programas computacionais para análise estática linear via Método dos Elementos Finitos.
2) Uso de programas computacionais para análise dinâmica linear via Método dos Elementos Finitos.
3) Estimativa de erro e convergência.
4) Aplicação a problemas de análise de estruturas e interação solo-estrutura.
Introdução à Estabilidade Estrutural 18   1) Critérios de estabilidade: critério estático, critério dinâmico, critério energético.
2) Não-linearidade geométrica: trajetórias de equilíbrio.
3) Pontos limites e de bifurcação.
4) Comportamento crítico e pós-crítico; sensibilidade a imperfeições.
5) Estabilidade de placas retangulares.
6) Estabilidade de vigas e pórticos no plano.
7) Matrizes geométricas para os diversos elementos estruturais.
8) Análise de sistemas não-lineares: identificação de pontos limite e de bifurcação, obtenção de trajetórias de equilíbrio
Subsistemas Horizontais de Edifícios 18   Subsistemas verticais e horizontais. Introdução à Teoria das Placas. Método da Analogia de Grelha. Interação entre lajes e vigas. Laje maciça. Lajes nervuradas. Lajes nervuradas prémoldadas.
Estabilidade Global das Estruturas 18   Introdução aos conceitos de análise não linear física e geométrica. Efeitos de segunda ordem globais, locais e localizados. Parâmetro de instabilidade a. Coeficiente gz. Processo P-D. Exemplos.
Estruturas de Concreto Protendido 18   Introdução. Aspectos construtivos. Estados limites. Perdas de protensão. Dimensionamento a flexão. Dimensionamento à força cortante.
Estruturas de Fundações 18   Tipos de Fundações; Introdução ao cálculo de capacidade de carga de fundações; Cálculo de sapatas, tubulões e grupos de estacas, sujeitos a cargas verticais e momentos; Detalhamento estrutural de fundações rasas e profundas.
Aplicação da Dinâmica Estrutural em Projetos de Estruturas 18   1) Avaliação das propriedades estruturais: matriz de rigidez, matriz de massa (concentrada e consistente), matriz de amortecimento.
2) Modelos com múltiplos graus de liberdade.
3) Vibração livre de modelos com múltiplos graus de liberdade: frequência natural de vibração, período de vibração.
4) Método da superposição modal.
5) Análise da resposta dinâmica usando métodos passo a passo em treliças e pórticos.
6) Consideração dos efeitos dinâmicos em estruturas: vento e sismos.
7) Normatizações sobre efeitos dinâmicos em estruturas.
Estruturas Mistas de Aço-Concreto 18   Introdução. Segurança e elementos básicos do cálculo estrutural . Solicitações normais no estado limite último. Solicitações tangenciais. Vigas de edifícios. Lajes de edifícios.
Projeto de Estruturas de Fundações 18   Revisão do detalhamento estrutural de fundações rasas e profundas; Especificidades na obtenção das cargas estruturais; Elaboração de projeto em Sapatas, Tubulões e Estacas.
Estruturas Pré-Moldadas de Concreto 18   Introdução. Industrialização da construção. Produção de estruturas de concreto pré-moldado. Diretrizes de Projeto de Sistemas Pré-Moldados de Concreto. Elementos e Componentes Prémoldados. Sistemas estruturais para estruturas pré-moldadas. Tipologia de ligações.
Projeto de Estruturas Assistido por Computador III 9 9 Programas computacionais para a elaboração de projetos de estruturas. Modelos estruturais para edificações em concreto. Aplicações práticas passo a passo
Projeto de Pontes I 18   Introdução. Ações nas pontes rodoviárias. Cálculo dos esforços, dimensionamento e detalhamento da superestrutura em pontes de concreto armado com duas longarinas.
Projeto de Estruturas de Concreto Armado I 18   Introdução. Projetos de vigas, lajes e pilares.
Metodologia Científica 18   Fundamentos. Comunicação Científica. Métodos e técnicas de pesquisa. Projeto de Pesquisa. Organização e Normas para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos.
Didática do Ensino Superior 36   Introdução. Didática do ensino superior. Planejamento do ensino. O ensino e suas relações. Teorias do ensino. Ensino e avaliação.
Projeto de Estruturas Pré
-Moldadas de Concreto
18   Introdução. Princípios e recomendações para o projeto de ligações. Estabilidade global de estruturas pré-moldadas de múltiplos pavimentos. Dimensionamento de ligações viga-pilar. Dimensionamento de ligações pilar-fundação. Dimensionamento de elementos compostos
Projeto de Estruturas de Concreto Armado II 18   Introdução. Projetos de vigas, lajes e pilares.
Alvenaria Estrutural 18   Introdução. Conceitos básicos de Alvenaria Estrutural. Definições, Classificações e Estudo dos Materiais. Sistemas e Processos Construtivos. Análise Estrutural e Projeto de Edifícios de Alvenaria Estrutural.
Projeto de Pontes II 18   Introdução. Cálculo dos esforços, dimensionamento e detalhamento dos pilares em pontes de concreto armado com duas longarinas. Aparelhos de apoio.
Análise da Interação Solo
-Estrutura
18   Introdução ao conceito de recalques de fundações; Cálculo de recalques de fundações rasas e profundas; Rigidez de fundações; Interação entre recalques de fundações; Efeitos da interação solo-estrutura; Processos de cálculo interativo em projeto de edificações.
Projeto de Alvenaria Estrutural 18   Introdução. Análise Estrutural e Projeto de Edifícios de Alvenaria Estrutural.
Projeto de Estruturas de Concreto Protendido 18   Dimensionamento a flexão. Dimensionamento à força cortante. Projetos.